Detran.SP participa de força-tarefa e 28 lojas de autopeças de motos são multadas na capital

11/11/2021

Multas que chegam a R$ 8 mil e 28 autuações por infrações administrativas. Este foi o saldo de uma força-tarefa conjunta do Detran.SP, Polícia Civil, Prefeitura e Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado em uma ação fiscalizatória realizada na última quarta-feira (10/11) em 83 estabelecimentos comerciais de revenda de autopeças de motocicletas localizados nas imediações da Rua Guaianases, região central da capital.

Foram cumpridos ainda 17 mandados de busca e apreensão e 11 lojas terminaram lacradas pela fiscalização. As autopeças comercializadas irregularmente foram apreendidas durante a ação e lotaram dez caminhões.

De acordo com os responsáveis pela operação, a força-tarefa, que ocorre periodicamente, tem o objetivo reprimir o furto, o roubo e a receptação de motocicletas, além da comercialização das respectivas peças automotivas de maneira irregular.

A ação contou com a participação de nove equipes de agentes do Detran.SP, que atuam na capital e em cidades do interior como Presidente Prudente, Palmital, Araçatuba, Sorocaba e São José dos Campos. O efetivo foi encorpado por 106 policiais civis de todas as unidades da 1ª Delegacia Seccional, sete equipes da Guarda Civil Metropolitana e 45 fiscais da Secretaria Estadual da Fazenda e Planejamento.

“É nosso papel fiscalizar qualquer indício de fraude ou irregularidade, por isso sempre reforçamos a recomendação para que o cidadão denuncie e contribua neste enfrentamento. Para isso, atuamos com cada vez mais rigor para que situações como estas não se repitam”, afirma o diretor-presidente do Detran.SP, Neto Mascellani.

Outras notícias

Em dezembro, fatalidades de trânsito superam média anual

10/12/2020

Voltar

 

Retirada CRV

Serviço exclusivo para o CRV, que é o documento de compra e venda. O licenciamento anual agora é digital (CRLV-e).

Saiba mais